Blog AGP Pesquisas


Black Friday 2018: expectativa x realidade

Black Friday 2018: expectativa x realidade

Dados mostram que 2018 foi o ano de mais sucesso das promoções de Black Friday no País

A Black Friday é um dia muito esperado pelos consumidores. Considerada uma das datas mais importantes do varejo, diversas lojas garantem grandes promoções e os consumidores sempre aguardam ansiosos para fazer suas compras de fim de ano neste dia.

Para este ano, a expectativa dos lojistas era grande! Confira a estimativa lançada pela Gfk, realizada no início do mês de novembro  em nove capitais brasileiras:

– Estimativa de crescimento do tíquete médio era de 7%, subindo de R$ 713,00 em 2017 para R$ 762,00 em 2018.

– Entre os canais de compras, 90% das pessoas afirmaram que iriam pesquisar em algum canal digital, 77% pesquisariam em lojas online, 55% em lojas físicas, 36% em sites de buscas e 25% em alguma rede social.

– Ainda segundo o estudo, 11% declararam não ter participado em 2017, sugerindo maior intenção de compra neste ano.

A questão é: será que os consumidores foram fieis em suas declarações?

Comparando a expectativa com a realidade

A Black Friday deste ano se superou! De acordo com dados da Ebit/Nielsen, 2018 foi ano de mais sucesso da data aqui no país. As vendas no comércio on-line tiveram um alta de 23% em relação a 2017, com faturamento de R$ 2,6 bilhões.

Ainda segundo a Ebit/Nielsen, o número de pedidos cresceu 13%, para 4,27 milhões, enquanto o tíquete médio expandiu 8%.

Como pode ser visto, os consumidores compraram mais do que esperado, de acordo com suas declarações nas pesquisas. Mas como é possível calibrar melhor esses resultados?

Antonio Perina, sócio da AGP Pesquisas, explica que podem existir alguns efeitos que prejudicam as premissas da pesquisa. No caso da Black Friday, mais gente comprou e o tíquete médio de compra também foi maior do que o esperado pelos lojistas.

Isso mostra que, apesar dos resultados obtidos nas pesquisas, podem haver mudanças no dia a dia das pessoas, que as façam mudar de opinião e atitude ao longo de um processo. “Neste caso, acredito que podem ser duas mudanças: a confiança dos brasileiros para o consumo está começando a aumentar novamente, ou simplesmente mais gente abraçou os descontos do Black Friday, para economizar nos presentes de Natal, superando as expectativas neste ano”, finaliza Antonio.